Transporte de alimentos

Transporte de alimentos

O transporte de alimentos não é proibido por nenhuma companhia aérea. Mesmo assim, algumas regras devem ser seguidas, dependendo da empresa, do destino e da quantidade de alimento. Atente para os seguintes tópicos:

- Alguns países, como os EUA ou a Austrália, proíbem a entrada de alimentos frescos no seu território.

- No território da União Europeia é proibida a entrada de alimentos, leite, carne e produtos de origem animal provenientes de países de fora da Comunidade Europeia.

- Caso planeje transportar alimentos, verifique a regulamentação do país de destino e dos países de trânsito.

- O alimento levado a bordo do avião deve estar na embalagem original do fabricante e com a data de vencimento marcada.

- A maioria das companhias aéreas não permite o transporte de alimentos facilmente perecíveis.

- No caso de líquidos e pastosos transportados dentro da cabine, a quantidade de produto deve ser inferior a 100 ml por embalagem, e não pode somar mais de 1 litro por passageiro. Isso é válido não somente para alimentos, mas para todos os produtos líquidos e pastosos.

- São permitidos remédios e papinhas de bebê se forem em quantidade suficiente apenas para a duração do voo. Os remédios devem estar acompanhados da receita médica.

- Na bagagem de porão, o limite por embalagem é de 2 litros.

- As embalagens de líquidos devem ser colocadas em saco plástico transparente. O saco deve ser fechado apropriadamente, para que não haja vazamentos. 

  • Ribeirão Preto
    Saída de São Paulo
    a partir de 238 BRL
    São Paulo
    Saída de Belo Horizonte
    a partir de 246 BRL

ATENÇÃO: o peso máximo permitido para bagagem despachada é, geralmente, de 23 kg. Desde março de 2017, algumas tarifas não permitem bagagem despachada. Recomendamos que consulte as regras antes de sua viagem.


Informações importantes:

Veja também:

  

Dicas e sugestões neste artigo e artigos relacionados são apenas para fins informativos e auxiliares, e não podem ser base para qualquer reclamação contra a eDestinos.

Interessante, mas precisa de mais informações?
Cancelar
Muito obrigado pela sua ajuda!

Seu comentário nos ajudará a criar artigos melhores e mais relevantes

Não conseguimos enviar sua sugestão

Enviar de novo Tente mais tarde