Menu

Voo de ida e volta: o que acontece ao perder um dos voos?

Voo de ida e volta: o que acontece ao perder um dos voos?

Na hora de programar as viagens, o ponto mais importante e por onde a maioria dos turistas começa seu panejamento são os voos. Muitos turistas, inclusive, preferem comprar pacotes com vários voos ou com voos com escalas por serem mais baratos.  

Há também aqueles que preferem o “stopover”, que é que uma parada no meio da viagem, para que o passageiro possa passar um tempo em uma cidade de conexão. O stopover é uma conexão voluntária. Essa é uma boa opção principalmente para quem está indo viajar para o exterior ou pretende conhecer outros lugares além do local de destino.

  • San Carlos de Bariloche
    Saída de São Paulo
    a partir de 1722 BRL
    Miami (FL)
    Saída de Fortaleza
    a partir de 1645 BRL

No entanto, o turista deve ficar atento, já que o tempo entre um voo e outro é curto, ou podem acontecer imprevistos que façam com o que o passageiro não consiga pegar seu voo. Muitos também decidem, simplesmente, pular uma das etapas da viagem ou uma conexão, seja por preferirem ficar mais tempo em um local, ou por acharem que conseguirão uma forma mais barata de chegar ao seu destino sem precisar pegar a conexão.

Caso perca o primeiro voo de sua conexão, o restante das passagens será cancelado sem qualquer possibilidade de indenização. Essa medida também serve para o caso de o passageiro pular a conexão intermediária.

O passageiro deve estar ciente de que, se não embarcar em algum dos trechos, o restante será automaticamente cancelado. O famoso no-show, termo do inglês utilizado pela aviação para definir o turista não comparece para o embarque, isenta as companhias aéreas de pagarem indenização por cancelamentos de voos ou perda de passagens. 

O ideal é sempre honrar todos os trechos e conexões pré-estabelecidas da viagem, já que, em muitos casos, o turista poderá até pagar uma multa e ter o resto dos seus trechos cancelado. Caso decida cancelar um dos trechos ou a passagem, o turista deve entrar em contato com a companhia aérea. Cada uma delas possui uma politica diferente e um prazo determinado para cancelamentos, por isso, o passageiro e o consumidor devem estar atentos na hora da compra das passagens. 

*** ATENÇÃO! Em julho de 2016, o sistema de checagem de segurança nos aeroportos brasileiros se tornou mais minucioso e demorado. Portanto, recomendamos que os passageiros cheguem ao aeroporto e passem pela segurança ainda antes.
PARA VOOS NACIONAIS: chegue duas (2) horas antes do voo.
PARA VOOS INTERNACIONAIS: chegue três (3) horas antes do voo.
Não corra o risco de perder seu voo!

Gosta das nossas informações? Acesse nosso blog para inspirações, ofertas e dicas sobre viagem. Clique aqui!


Informações importantes:

Veja também:

  comprar passagens aéreas

Dicas e sugestões neste artigo e artigos relacionados são apenas para fins informativos e auxiliares, e não podem ser base para qualquer reclamação contra a eDestinos.com.br.

Interessante, mas precisa de mais informações?
Muito obrigado pela sua ajuda!

Seu comentário nos ajudará a criar artigos melhores e mais relevantes

Não conseguimos enviar sua sugestão

Enviar de novo Tente mais tarde