Menu

Buscar voos para a Geórgia

Geórgia

  • Kutaisi
  • Tbilisi
  • Informações gerais

    Idioma oficial: Georgiano
    Fuso horário: UTC +4
    Moeda: Lari (GEL)

  • Maneira barata

    Para o centro da cidade a partir do aeroporto você pode chegar de táxi (cerca de 20 lari), mas o marshrutka (mini-bus) é dez vezes mais barato. Tudo o que você precisa fazer é passar pelo terminal, encontrar a estrada de Kutaisi para Batumi e acenar.

  • Compras do modo georgiano

    Ao norte da rua Paliashvilis, há um mercado, onde você pode provar especialidades locais, como queijos, doces ("churchkhela") e até vinhos de vinhedos caseiros.

  • Subterrâneo

    A 20 km de Kutaisi, localiza-se a caverna de Prometheus, onde você pode admirar o ar livre. Lembre-se de pegar um casaco - pode ser frio.

O que fazer em Kutaisi?

Kutaisi é hoje uma cidade que recupera seu brilho, com uma rica história. É um lugar perfeito para conhecer a história da Geórgia, experimentar especialidades da costa do Mar Negro, bem como começar sua jornada em torno desse país muito colorido.

Na área do Kutaisi moderno, já no período entre o 4º e o 1º século a.C., existia um país chamado Kolchida e a antiga cidade de Aja. Os antigos gregos acreditavam que era lá onde o mítico Velo de Ouro estava situado. De onde veio essa ideia? Nas águas dos rios georgianos, há séculos, existem grãos de ouro, que tradicionalmente são capturados por submersão da pele de carneiro. Se estiver em Kutaisi entre janeiro e março, quando o nível de água não é bastante alto, vale a pena deixar a cidade e ver como funcionam os modernos escavadores de ouro.

A própria cidade é um pouco negligenciada, o que não significa que se deve tratá-la apenas como uma cidade de passagem. Definitivamente, vale a pena ir à praça renovada de Dawid Agmaszenebele, onde há uma fonte de ouro muito interessante e ricamente decorada, que conta sobre as tradições da velha Kolchida. O espírito da história pode ser sentido no distrito de Mcwane-Kwawila, na margem esquerda do rio Rioni. Imperdível também é a Catedral de Bagrati, que está na Lista de Patrimônio Mundial da UNESCO, que é um exemplo típico da arquitetura sacral georgiana. Apenas uma meia hora de carro da cidade estão situados dois mosteiros muito populares, Gelati e Motsameta. Eles não são apenas pontos históricos da classe mais alta, mas também símbolos do apego georgiano à tradição e à religião. Para visitá-los, vale a pena reservar um dia inteiro.

A cozinha georgiana, também na região de Kutaisi, é famosa por excelentes pratos, nos quais facilmente podem ser sentidas influências do leste. O que vale a pena comer lá? Com certeza, chaczapuri, torta feita de massa salgada com queijo frito, disponível em muitas versões. Na lista de especialidades também há chinkali, bolinhos em forma de bolsa com recheio de carne e mczadi, bolinhos de farinha de milho com tomate ou berinjela cozida. A Geórgia é famosa por bebidas requintadas - especialmente vinhos. Recomendamos os restaurantes: Palaty, Eto e Sapere.

Linhas aéreas populares que operam para a Geórgia