Menu

Glossário do Turismo

Glossário do Turismo

A aviação pode ter termos complicados, que não são familiares para quem não trabalha no mercado de turismo. O mesmo pode acontecer com algumas palavras usadas na hotelaria. Neste artigo, você vai conhecer os termos mais comuns desse setor bastante específico, para que não tenha dúvidas na hora de viajar.

 

ALL INCLUSIVE – Tipo de hospedagem que inclui no preço da diária suas refeições e entretenimento, ou seja, tudo em um.
 

BED & BREAKFAST – É um tipo de hospedagem que oferece, como o nome diz, local para dormir e café da manhã, quase como uma pensão.

BLOCK OFF ou BLOQUEIO - Bloqueio de um número de assentos em um voo para uso exclusivo. Trata-se da reserva de um grupo com determinado número de passageiros, para posteriormente informar os nomes dos viajantes. É cobrado um valor de sinal dependendo da Companhia Aérea. 
BUSINESS CLASS - Chamada também de Classe Executiva, fica entre a Econômica e a Primeira Classe. 

 

C

CARRY ON - Bagagem de mão permitida a bordo de aviões, com peso máximo de cinco ou dez quilos por passageiro – isso depende da regra da companhia aérea. A soma do comprimento, altura e largura têm limite de 115 centímetros. 

CHARTER – Voo fretado, com tarifas mais baratas que as praticadas no mercado e com regras específicas. 

CHECK-IN / CHECK-OUT - Entrada e saída em algum serviço de turismo. O check-in para voos pode ser feito online ou no aeroporto, para dar acesso ao bilhete e, consequentemente, ao embarque. O check-in no hotel é a entrada, quando você dá seus documentos e recebe a chave do quarto. O check-out é a saída do hotel. 

CODE-SHARING - Voo compartilhado entre duas ou mais companhias aéreas.

CONEXÃO - Quando o caminho a percorrer é longo, e não há voos diretos entre sua cidade de saída e sua cidade de chegada, é necessário fazer conexão: uma parada em um aeroporto intermediário.

 

DELAY – atraso, geralmente se fala sobre voos atrasados para embarque ou pouso.

DETAX – Caso faça compras no exterior, é possível que você tenha direito a receber o valor dos impostos no aeroporto do local, portanto, guarde seus recibos e notas fiscais. 

DOWNGRADE - É quando o passageiro recebe um serviço inferior ao que foi contratado, seja em hotel, ou companhias aéreas.

 

E

ESCALA - escala é uma breve parada em um aeroporto intermediário, seja para algumas pessoas embarcarem ou desembarcarem, ou para abastecimento do avião. Em uma escala, você não troca de avião, apenas permanece cerca de 30 minutos em solo até que o novo voo comece.


FREE SHOP - Lojas livres de impostos nos aeroportos. No exterior, são chamadas de Duty-free. 

FULL FARE - Tarifa publicada, sem descontos. Na hotelaria, é a "balcão" (aquela afixada na recepção). Na companhia aérea, é a tarifa "cheia".

 

I 

INTER - essa é fácil! Reservas internacionais! 


JET-LAG - Desajuste do relógio biológico ocasionado pela troca de fuso horário. 
 

LISTA DE ESPERA / WAIT LIST - Solicitação de serviço (reserva de viagem, passagem aérea, etc.) pendente de confirmação. 

LOCALIZADOR – Código que permite localizar a ficha de reserva aérea de um passageiro, gerado por informações dentro de um sistema de reservas. 

LOUNGE - No exterior, é o que chamamos de sala VIP nos aeroportos brasileiros. Nos hotéis, pode ser recepção, sala de estar e bar. 


NO-SHOW - É quando o passageiro não comparece no dia e horário marcado para hospedagem, ou perde o voo. 


OVERBOOKING - Venda de passagens aéreas ou reservas de quartos de hotel em número acima dos disponíveis para ocupação, já que as empresas trabalham com uma margem de desistência e no-show.


PAX - Segundo as agências e companhias aéreas, essa é a abreviatura usada para designar "passageiros". 

POUSO TÉCNICO - Parada inesperada do avião. Os motivos podem ser diversos, como para reabastecimento ou alguma falha mais grave. 

PITCH - O espaço entre as poltronas de um avião. 


RECEPTIVO – Agências que cuidam de passeios, alocação de hóspedes e traslados durante viagens. 

S

STOPOVER / STOP - Termo usado para identificar uma parada do passageiro numa cidade intermediária do roteiro, conforme regras de conexão. Essa parada pode aumentar o valor da tarifa. Define-se como stopover mais de 24h de parada em um destino internacional, ou mais de 4h em destino internacional – sem pagar a mais, apenas usufruindo da passagem aérea original comprada. No momento da compra, basta escolher a opção “várias cidades” e escolher o roteiro. Essa é a chamada viagem com multitrecho.

 

TRASLADO / TRANSFER - É o transporte contratado de um passageiro, seja de/para o hotel ou para passeios específicos.


UPGRADE – Serviço de qualidade superior, seja classe de viagem, tipo de quarto de hotel, etc. 


VOID - Cancelamento no mesmo dia da compra, que não gera multas ou custos adicionais. 

VOO REGULAR - Voos operados regularmente pelas companhias aéreas, para voos comerciais. 

VOUCHER - É o documento entregue ao passageiro (por e-mail ou pessoalmente) com todas as especificações dos serviços turísticos adquiridos, seja do hotel, do aluguel do carro ou da passagem aérea. 

Gosta das nossas informações? Acesse nosso blog para inspirações, ofertas e dicas sobre viagem. Clique aqui!


Informações importantes:

Veja também:

  Promoções de passagens aéreas

Dicas e sugestões neste artigo e artigos relacionados são apenas para fins informativos e auxiliares, e não podem ser base para qualquer reclamação contra a eDestinos.com.br.

Interessante, mas precisa de mais informações?
Muito obrigado pela sua ajuda!

Seu comentário nos ajudará a criar artigos melhores e mais relevantes

Não conseguimos enviar sua sugestão

Enviar de novo Tente mais tarde